Nos últimos dias o que vemos no noticiário são os gráficos em forma descendente das bolsas de todo o mundo. Essa turbulência está acontecendo porque o mercado imobiliário americano está com sérios problemas.

Vamos entender. Os americanos passaram a comprar imóveis e a pegar empréstimos hipotecando suas casas ou refinanciando-as pegando dinheiro para consumir. Até aqui tudo normal. O problema é que os preços dos imóveis foi subindo, subindo, subindo. Esses empréstimos não tinham garantia, ou seja, o risco de inadimplência estava muito alto. Os americanos começaram a não pagar seus empréstimos imobiliários.

Os bancos criaram títulos, bônus e outros vários derivativos a partir dessa bolha imobiliária. Em poucos anos algumas empresas se tornaram verdadeiros impérios super alavancados (utilizavam em sua grande maioria, capital de terceiros para girar os negócios). Com a inadimplência dos clientes essas empresas entraram em dificuldade. A isso damos o nome de risco de crédito. Elas passaram a não conseguir pagar o dinheiro que também deviam. O valor das ações começou a cair. O governo começou a liquidar empresas.

Continua…